Dissertação

High throughput screening development of a family 7 Glycoside Hydrolase EVALUATED

A instabilidade do preço do petróleo e a crescente preocupação acerca da sua escassez no futuro aumentou o interesse económico em fontes de energia renovável. O interesse económico e ambiental numa bioeconomia resultou num desenvolvimento da utilização de biomassa na produção de bioetanol e outros produtos de valor acrescentado. Uma das maiores barreiras na produção de bioetanol de segunda geração é a hidrólise enzimatica da biomassa. Por esta razão, o estudo das celulases é da maior importância. Nesta tese foi usado o gene cel7A de Trichoderma reesei, com uma optimização dos codões, para verificar a expressão de uma celobiohidrolase em Pichia pastoris usando três vectores epissomáticos. Os vectores eram diferenciados por usarem diferentes promotores e genes repórter. Os plasmídeos pBGP1_TrCel7A_CO, pBGP4_TrCel7A_CO e pBGP5_TrCel7A_CO foram construídos, sequenciados e transformados em P. pastoris com sucesso. As estirpes transformadas foram utilizadas para crescer culturas em YPD e numa versão optimizada do meio FBSM. A densidade óptima medida a 600 nm, o pH e a concentração de proteína extracelular foram monitorizadas ao longo do crescimento das culturas. Quando estes resultados foram comparados com os resultados obtidos utilizando a estirpe selvagem de P. pastoris, foi concluído que não era verificada expressão com nenhum dos plasmídeos. Os resultados de SDS-PAGE e de imunodeteção das proteínas no sobrenadante do fim da cultura confirmou os resultados negativos. Apesar destes, o potencial impacto das técnicas de seleção de alto rendimento na melhoria das propriedades das celulases é inquestionável e torna a continuidade deste estudo da maior importância.
celulases, Pichia pastoris, vector epissomático, seleção de alto rendimento

Dezembro 5, 2013, 16:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

CO-ORIENTADOR

Tom Desmet

University of Gent

Professor

ORIENTADOR

Leonilde de Fátima Morais Moreira

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Auxiliar