Dissertação

Role of RET signals in human hematopoietic stem cell transplantation EVALUATED

A Hematopoiese é o processo responsável pela produção e desenvolvimento de células sanguíneas a partir de um progenitor comum: células estaminais hematopoiéticas (HSC). Dependendo de estímulos específicos, estas células diferenciam-se ou dividem-se, originando células iguais a elas mesmas. Através de trabalho anterior desenvolvido no laboratório, demonstrou-se que o receptor RET, normalmente associado ao sistema nervoso, tem a capacidade de regular sobrevivência, expansão e eficiência de transplantação das HSC de ratinho. Neste trabalho pretende-se estudar o efeito do RET em progenitores hematopoiéticos humanos. Para tal, começou-se por assegurar a presença de RET em progenitores hematopoiéticos de humano. Do mesmo modo, confirmou-se a presença de ligandos de RET (GFLs) nos respectivos nichos. Após cultura num cocktail de citoquinas optimizado com GFLs, as HSC de ratinho e as CD34+ de sangue do cordão umbilical humano apresentaram uma taxa de expansão duas vezes superior à condição de controlo. Concluindo, podemos afirmar que a adição de GFLs melhora a expansão e sobrevivência dos progenitores hematopoiéticos primitivos. Além disso, a estimulação de RET conduz não só ao aumento da sobrevivência das células expandidas, mas também ao aumento da expressão de proteínas anti-apoptóticas Bcl2 e Bcl2l1. Devido à expressão de GFLs por potenciais células mesenquimais humanas de várias origens, considera-se que através co-cultura é possível aumentar a expansão e manutenção de células CD34+, permitindo uma estimulação contínua. Considerando que a estimulação conduz uma rápida e melhor reconstituição de hospedeiros letalmente irradiados, a adição de GFLs sugere uma promissora aplicação em protocolos de expansão para terapias de transplante.
Hematopoiese, Células Estaminais Hematopoiéticas, RET, Sangue do Cordão Umbilical, Expansão, Transplantação

Dezembro 6, 2013, 11:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

CO-ORIENTADOR

José Henrique Veiga Fernandes

IMM - Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa

Doutor

ORIENTADOR

Cláudia Alexandra Martins Lobato da Silva

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Auxiliar