Dissertação

The influence of day length on the cell cycle of Neochloris oleoabundans EVALUATED

O mecanismo que regula o relógio circadiano é ainda não conhecido ainda que seja claro que é influenciado pela luz. Nesta tese, três experiências diferentes foram realizadas, onde o crescimento de Neochloris oleoabundans foi feito, sob três diferentes durações do período de dia: 20L:4D (20 horas de luz e 4 horas de escuridão), 16L:8D e 12L:12D. Os parâmetros responsáveis pela avaliação do crescimento das microalgas (concentração em biomassa, taxa de crescimento, número médio de células filhas), do progresso no ciclo celular (conteúdo em DNA e número de células e tamanho) e da eficiência fotossintética foram medidos ao longo do dia e comparados entre as três experiências. Relativamente ao crescimento, os resultados demonstraram que uma exposição à luz mais demorada leva a uma maior taxa de crescimento. Nomeadamente, a taxa de crescimento para o ciclo 20L:4D foi determinada em 1,882 d-1, 16L:8D como 1,597 d-1 e para 12L:12D como 1,204 d-1. O conteúdo em DNA foi também descoberto ser influenciado pela duração do dia. O número de cópias de DNA por célula-mãe e a quantidade de células com maior número de cópias foi descoberto ser maior para o período de luz mais longo (oito cópias), 20L:4D e 16L:8D, do que para o restante estudo (quatro cópias). O tempo de divisão celular foi descoberto também ser afectado devido às variações de nível de sincronismo da população entre os vários estudos. Relativamente à eficiência fotossintética, resultados semelhantes foram encontrados para o rendimento em biomassa assim como para o rendimento quântico nas três experiências.
microalga, Neochloris oleoabundans, comprimento do dia, relógio circadiano, ciclo celular

Outubro 28, 2013, 9:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

CO-ORIENTADOR

Lenneke de Winter

Wageningen University

Dr.

ORIENTADOR

Maria Manuela Regalo da Fonseca

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Associado