Dissertação

Enhanced organics recovery from wastewater via a membrane assisted A-stage EVALUATED

O processo de lamas activadas (LA) é o método mais utilizado no tratamento biológico de águas residuais. Neste processo, uma suspensão de biomassa é responsável pela eliminação dos poluentes orgânicos. O processo AB é uma variação do sistema convencional de LA de uma fase. Este processo utiliza uma Fase-A altamente concentrada onde os compostos orgânicos presentes no efluente são adsorvidos pelos flocos de lama, que podem posteriormente ser melhor digeridos do que os provenientes do sistema de LA convencional. Na Fase-B ocorre a remoção de azoto do efluente. Contudo, a Fase-A tem como desvantagem a deficiente sedimentação das lamas. Assim, esta tese foca-se numa Fase-A melhorada por sistema de filtração com membranas com o intuito de se obter uma lama mais concentrada. Os sistemas de membranas utilizados foram Microfiltração (MF) e Osmose Directa (OD). As variantes operacionais estudadas neste trabalho foram uma Fase-A ligada directamente a cada um dos dois sistemas de membranas; uma Fase-A acoplada a um sedimentador e ao sistema de OD; e uma Fase-A com barreira de crivo de malha metálica e ligado ao sistema de MF. Em geral, nenhuma das variantes testadas neste trabalho provou ser efectiva e um melhoramento nesta área de estudos, dado não favorecerem a recuperação de compostos orgânicos do efluente. Embora a Fase-A com barreira de crivo de malha metálica demonstrou um aumento no conteúdo em sólidos no reactor, não é muito efectiva na remoção de carência química de oxigénio.
Lamas activadas, Fase-A do processo AB, Microfiltração, Osmose Directa, Sistema de membranas

Novembro 20, 2012, 9:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

Korneel Rabaey

University of Gent

Professor

ORIENTADOR

Helena Maria Rodrigues Vasconcelos Pinheiro

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Auxiliar