Dissertação

Novel Insights for the Production of Polyhydroxyalkanoates from Renewable Resources EVALUATED

Na primeira experiência e usando a estirpe Burkholderia sacchari DSM17165 a produção máxima de PHB atingida foi de cerca de 45% da biomassa seca total ( 7.6 g/l ) quando sacarose foi utilizada como fonte de carbono. Na segunda experiência e usando as estirpes Pseudomonas putida KT2442 e Pseudomonas oleovorans ATCC29347, os melhores resultados, relativamente ao crescimento de biomassa, foram obtidos através da utilização de ácido oleico em comparação com azeite saponificado ou dodecanoato. Na terceira experiência e em consequência das conclusões obtidas na experiência anterior, as mesmas estirpes foram cultivadas, numa escala de bio-reactor, usando glucose. Após se ter atingido uma densidade celular razoável as culturas foram alimentadas com ácido oleico. Atingiu-se uma concentração máxima de 27 g/l e uma concentração final de biomassa de 18 g/l aquando da utilização da estirpe P. putida KT 2442, a observação ao microscópio revelou a existência de inclusões de PHA. A experiência final é o resultado directo da necessidade em diminuir o custo assim como alargar a quantidade actual de fontes de carbono disponíveis para a produção de PHAs. Nesta experiência uma série de três desperdícios da indústria do azeite e o tomate, foram submetidos a uma série de hidrólises ácidas com o objectivo de os converter em açúcares fermentáveis. Os melhores resultados foram obtidos com um tipo de desperdício de azeite (Marc 2), tendo sido atingida uma produção total de 5.19% em açúcares fermentáveis correspondendo a uma conversão de 13% (massa/massa) da matéria prima.
Polihidroxialcanoatos, Hidrólise ácida, B. sacchari, P. putida, P. oleovorans

Dezembro 4, 2009, 15:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

Martin Koller

Universidade de Tecnologia de Graz, Áustria

Especialista

ORIENTADOR

Maria Manuela Regalo da Fonseca

Departamento de Engenharia Química e Biológica (DEQB)

Professor Associado