Dissertação

Optimização dos processos de produção de xaropes de glucose e dextrose monohidratada EVALUATED

A contínua descoberta e selecção de novas enzimas para a indústria do amido apresenta-se como uma oportunidade de melhoria dos processos produtivos. A implementação de novas preparações enzimáticas disponíveis comercialmente só é possível depois de uma validação rigorosa em termos tecnológicos e económicos, de modo a mostrar inequivocamente que estas novas enzimas trazem mais-valias ao processo produtivo e à empresa. O primeiro objectivo do presente trabalho foi estudar a possibilidade de homologação de uma nova α-amilase com vantagens técnico-económicas e ao mesmo tempo permitir que a empresa pudesse dispor de um fornecedor alternativo deste tipo de enzima. A enzima em teste mostrou possuir características adequadas à sua utilização quando aplicada no processo de liquefacção do amido, nomeadamente, capacidade de manter a sua actividade a baixas concentrações de cálcio e baixos valores de pH. Depois de evidenciada a aplicabilidade da enzima no processo, efectuou-se uma análise do impacto económico da sua utilização, tendo-se concluído que a utilização da nova enzima no processo de liquefacção do amido permitiria um ganho total de 43%, face à utilização da enzima actual. O segundo objectivo deste trabalho incidiu na optimização do rendimento de cristalização do processo de produção de dextrose monohidratada, através da optimização das variáveis do processo. Concluiu-se que seria possível actuar ao nível das características do xarope de alimentação à cristalização e do perfil de arrefecimento durante a cristalização.
alfa-amilase, liquefacção enzimática, sacarificação, dextrose, cristalização, granulometria.

Dezembro 3, 2009, 17:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Maria Leonor Tavares

COPAM   Compª Portuguesa de Amidos S.A

Especialista

CO-ORIENTADOR

Luís Joaquim Pina da Fonseca

Departamento de Engenharia Química e Biológica (DEQB)

Professor Associado