Dissertação

Probing the effect of ultraviolet light on biomolecules using a whey milk protein: alpha-lactalbumin EVALUATED

A iluminação constante com luz ultravioleta de alpha-lactalbumina de bovino desprovida de Ca2+ resulta em dois efeitos progressivos na emissão dos triptófanos da proteína: aumento da intensidade e red-shift. As mudanças espectrais sentidas estão relacionadas com quebra paralela de pontes dissulfureto na proteína iluminada, verificada pela detecção de grupos tiol livres com o reagente de Elmann. As diferenças acima referidas são explicadas pela ausência destas pontes como agentes inibidores de fluorescência e exposição dos triptófanos ao solvente. Após iluminação prolongada observou-se que a proteína se encontrava apenas parcialmente desnaturada, numa conformação similar à nativa. A fotólise destas pontes é atribuída ao envolvimento de espécies excitadas dos triptófanos em reacções de primeira ordem, com interconversão lenta para produtos caracterizados por red-shift e elevada intensidade de fluorescência. Ficou provado que um dos principais mecanismos envolve a fotoionização térmica de singletos excitados de triptófanos, com uma energia de activação de 20.5 kJ.mol-1. A proteína foi igualmente submetida a imobilização em nanoparticulas de ouro (AuNP) de 50.37 nm. A técnica baseia-se na afinidade de superfícies de ouro para os grupos tiol da proteína formados após irradiação com luz ultravioleta. As AuNP provenientes da reacção com proteína iluminada não mostram diferenças consideráveis em diâmetro após medição de Dynamic Light Scattering. Contudo, o espectro obtido por Energy Dispersive X-ray spectroscopy indica a presença de nitrogénio nas AuNP. Estas observações dão indícios de imobilização por formação de filme fino na superfície das AuNP. Estes complexos nanoparticula-proteína poderão ter um tremendo interesse biomédico, como transportadores moleculares ou biosensores.
alpha-lactalbumina, pontes dissulfureto, inibição de fluorescência, reacção fotoquímica, imobilização assistida por luz ultravioleta, nanoparticulas de ouro

Dezembro 16, 2008, 10:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

CO-ORIENTADOR

Maria Teresa Neves-Petersen

Aalborg University

Especialista

ORIENTADOR

Duarte Miguel De França Teixeira dos Prazeres

Departamento de Engenharia Química e Biológica (DEQB)

Professor Associado