Dissertação

Caracterização e Modelação do Transporte de Brometo de Etídeo em Escherichia coli EVALUATED

Neste trabalho definiu-se um método automático para a demonstração e quantificação da actividade intrínseca das bombas de efluxo (BE) em estirpes susceptíveis a antibióticos e com fenótipo de multirresistência. O protocolo foi definido tendo como estirpe padrão E. coli AG100, que corresponde à estirpe k-12 selvagem, que possui o principal sistema de efluxo funcional ? AcrAB-TolC. Utilizou-se o brometo de etídeo (EtBr) como substrato e o sinal de fluorescência foi monitorizado por fluorimetria em termociclador de tempo real utilizando o Rotor-Gene 3000TM. O método permitiu analisar a acumulação de EtBr em condições de limitação energética (ausência de glucose; redução da temperatura) e na presença de inibidores, demonstrando que o efluxo é um transporte activo mediado por BE. Demonstrou-se a implicação de AcrAB-TolC no efluxo de EtBr por comparação com estirpes mutantes que diferem no seu grau de actividade: AG100A onde o sistema AcrAB está inactivo e AG100TET onde este sistema está super expresso. O EtBr pode ligar-se a diversos alvos intracelulares, não ocorrendo leaking out deste fluorocromo. Foi desenvolvido um modelo matemático que permitiu descrever a cinética de transporte nas três estirpes. O modelo evidenciou que a entrada de fluorocromo ocorre por difusão passiva e permitiu destrinçar o efluxo entre estirpes que diferem no grau de actividade de AcrAB-TolC (k-AG100= 0,0173 ± 0,0057 min-1; k-AG100A = 0,0106 ± 0,0033 min-1 e k-AG100TET = 0,0230 ± 0,0090 min-1). Adicionalmente revelou a diferença de permeabilidade entre AG100A e AG100 e sugeriu a existência de um mecanismo de indução do efluxo em AG100TET.
Escherichia coli, Bombas de Efluxo, AcrAB-TolC, Brometo de Etídeo, Resistência a Múltiplas Drogas

Novembro 5, 2007, 11:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

CO-ORIENTADOR

Miguel Viveiros Bettencourt

Unidade de Micobatérias do Instituto de Higiene e Medicina Tropical,  UNL

Especialista

ORIENTADOR

Gabriel António Amaro Monteiro

Departamento de Engenharia Química e Biológica (DEQB)

Professor Auxiliar