Dissertação

Test online refractometer and UV-VIS spectrometer to classify pharmaceutical wastewater EVALUATED

O objectivo deste projecto era testar dois sensores, um refractómetro e um espectrofotómetro, para segregação do efluente industrial com contaminação variável, gerado numa indústria farmacêutica. Através desta, parte do efluente não necessitaria de tratamento na linha de efluente industrial, dado ter baixo conteúdo em carbono orgânico. O teste dos sensores foi realizado em três contextos diferentes, designadamente, em bancada laboratorial, montados numa estrutura de suporte (skid) e usados em ambiente controlado e no skid em diversas áreas de produção da fábrica. Neste último, foram testados efluentes com origens diferentes, desde efluente geral da fábrica a efluentes de operações como lavagens de equipamentos, regenerações, entre outras. Analisou-se internamente a carência química de oxigénio (CQO) em amostras recolhidas nos testes. Dos testes em bancada ficou claro que o espectrofotómetro não cumpria o objectivo, uma vez que não detectava a maioria dos solventes usados na fábrica, enquanto o refractómetro detectava todos. Dos testes no skid em ambiente controlado resultaram indicações de que o refractómetro conseguia detectar a mudança de estado do efluente, de não contaminado para contaminado e vice-versa. Contudo, foi apenas possível correlacionar a CQO com o índice de refracção para matrizes bem definidas, o que é impraticável com os efluentes reais altamente variáveis. Relativamente aos testes na produção, nem todos os efluentes de lavagens foram relevantes e o processo de decisão de segregação pelo IR revelou incerteza, em particular para efluentes diluídos. Concluiu-se que a implementação do refractómetro para classificação de efluentes para segregação é viável, mas que necessita de optimização.
Refractómetro, Espectrofotómetro UV-VIS, Carência Química de Oxigénio, Águas residuais farmacêuticas, Segregação

Dezembro 7, 2016, 16:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Helena Maria Rodrigues Vasconcelos Pinheiro

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Auxiliar