Disciplina Curricular

Laboratórios de Engenharia Biológica I LEB-I

Mestrado Integrado em Engenharia Biológica - MEBiol 2006

Contextos

Grupo: MEBiol 2006 > 1º Ciclo > Ciências de Especialidade

Período:

Peso

3.0 (para cálculo da média)

Objectivos

O objectivo pedagógico desta disciplina é o desenvolvimento de actividades laboratoriais sobre a caraterização e cinética de enzimas e a sua aplicação em Biotecnologia. A formação dada é essencial para a compreensão de processos em Engenharia Biológica. Relativamente a competências a adquirir, no final desta UC os alunos devem: -Conhecer e compreender os princípios da Tecnologia Enzimática e a sua aplicação aos Bioprocessos. -Lidar com equipamento (à escala laboratorial) e metodologias empregues em processos enzimáticos. -Aplicar ferramentas computacionais básicas à modelação de processos enzimáticos (cinética e operação). -Projetar e realizar experiências para avaliar e resolver problemas em Engenharia Enzimática e áreas afins. -Realizar pesquisa bibliográfica, interpretar dados, tirar conclusões e comparar os resultados com dados descritos na literatura. -Demonstrar boas práticas laboratoriais e consciência das questões de saúde e segurança na investigação e na prática da engenharia.

Programa

Os conhecimentos teóricos necessários envolvem conceitos de Engenharia de Proteínas/Enzimas: estrutura de proteínas; enrolamento/desenrolamento, atividade e estabilidade; cinética enzimática; imobilização de proteínas; reatores para aplicação em Bioprocessos. As sessões de laboratório são calendarizadas em coordenação com o programa de Engenharia Enzimática e abrangem os seguintes tópicos: -Uma abordagem experimental integrada com um sistema-modelo para estudar o efeito da imobilização de enzimas: i) nas constantes cinéticas (Km e Vmáx); ii) no pH e temperatura ótimos para a atividade enzimática; iii) na estabilidade térmica e cinética de desativação (ajuste de modelos matemáticos adequados). -Estudo de desdobramento térmico de proteínas a pH alcalino por espectroscopia de absorção no UV e de fluorescência. -Estudo do desempenho de diferentes tipos de biorreatores em operação contínua. Aplicação a uma bioconversão com uma enzima imobilizada (análise e ajuste de modelos matemáticos).

Metodologia de avaliação

As metodologias de ensino/aprendizagem incluem as seguintes componentes: i) Sessões de laboratório e de aulas práticas intercalares, de 3 h por semana, envolvendo 3-4 grupos com 3-4 alunos cada; ii) Elaboração e análise de fichas Excel de dados em cada sessão laboratorial contendo os resultados obtidos pelos diferentes grupos na atividade laboratorial desenvolvida; iii) Tratamento e modelação dos dados experimentais globais e ajuste de modelos matemáticos adequados; comparação de diferentes abordagens na análise de dados (aulas práticas intercalares); iv) Discussão e comparação com os resultados esperados, descritos na literatura (artigos científicos de suporte); v) Elaboração de relatórios científicos. Avaliação de conhecimentos: Desempenho laboratorial e participação de alunos nas sessões práticas de discussão (25%) + relatório científico (50%) + discussão oral sobre os relatórios científicos e os conteúdos programáticos (25%).

Disciplinas Execução

2018/2019 - 2ºSemestre

2017/2018 - 2ºSemestre

2016/2017 - 2ºSemestre

2015/2016 - 2º Semestre

2014/2015 - 2º Semestre

2013/2014 - 2 Semestre

2012/2013 - 2 Semestre

2011/2012 - 2 Semestre

2010/2011 - 2 Semestre

2009/2010 - 2 Semestre

2008/2009 - 2 Semestre

2007/2008 - 2 Semestre

2006/2007 - 2 Semestre