Dissertação

Avaliação do funcionamento da incineradora de resíduos hospitalares do SUCH EVALUATED

A presente Dissertação consiste na avaliação do funcionamento da Central de Incineração de resíduos hospitalares perigosos (RHP) do SUCH situada no Parque de Saúde de Lisboa (PSL), bem como o seu impacto em termos da qualidade do ar atmosférico circundante. Após caracterização da gestão dos RHP em Portugal e da actividade do SUCH, o sistema de incineração é descrito em pormenor. De seguida é feita a caracterização do processo de combustão de fármacos produzidos pela Labesfal. Verificou-se que a maioria das emissões está associada à queima do gás natural e que, apesar do excesso de reagente, existem emissões de gases ácidos. A metodologia para a caracterização da qualidade do ar na envolvente da Central, consistiu na realização de medições in situ de gases tóxicos em dois pontos de amostragem (Porta Sul do PSL e Faculdade de Enfermagem). As medições foram efectuadas em datas diferentes (com a Central em funcionamento e encerrada), através da utilização de duas Sondas DirectSense?. Para as partículas foi utilizado o analisador Personal DataRAMTM. Os resultados obtidos confirmam que o teor das emissões se encontra abaixo dos limites legais. Os valores medidos na Porta Sul e na Faculdade são bastante semelhantes entre si embora ligeiramente superiores na Faculdade. Foi ainda utilizado o modelo de pluma Gaussiano SCREEN3 para a caracterização da qualidade do ar envolvente. Como inputs foram utilizados dados do processo e variáveis meteorológicas. Os resultados obtidos foram inferiores aos medidos. Este facto deveu-se naturalmente, à não consideração de outras fontes de poluição existentes na zona.
Incineração, Resíduos Grupo IV, Emissões, Monitorização, Qualidade do Ar

Novembro 14, 2008, 14:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Maria Joana Castelo-Branco de Assis Teixeira Neiva Correia

Departamento de Engenharia Química e Biológica (DEQB)

Professor Auxiliar