Dissertação

Impact of Sediment Overfeeding in Gravel-Bedded River’s Salmonid Habitats EVALUATED

Os incêndios florestais podem promover importantes modificações na hidrodinâmica dos rios de montanha. Solos expostos, na bacia hidrográfica, podem aumentar a produção de sedimentos. A excessiva alimentação de sedimentos pode levar à degradação do habitat de salmonídeos, pondo em risco estas espécies. O objectivo desta dissertação é estudar as alterações nas variáveis hidrodinâmicas de rios de montanha, susceptíveis de serem locais de desova, sujeitos a deposição e transporte de areia. Em particular, este estudo visa conhecer os impactes sobre as variáveis que se encontram relacionadas com o fornecimento de oxigénio aos ovos: tensões turbulentas e tensões dispersivas junto ao leito, perfis de velocidade e viscosidade turbulenta. Para concretizar este objectivo, foram reproduzidas em laboratório, condições semelhantes às encontradas em meio natural. Foram simuladas três diferentes condições: (i) leito de seixos; (ii) leito de seixos com interstícios preenchidos com areia; (iii) leito de seixos com interstícios preenchidos com areia e transporte de areia. Os dados necessários para o estudo das variáveis referidas são essencialmente campos de velocidade instantânea e foram obtidos recorrendo a técnicas de Particle Image Velocimetry. Estes foram tratados recorrendo à metodologia double-average. Observou-se que, junto ao leito, as tensões de Reynolds não são afectadas quer pela porosidade do leito quer pelo transporte de sedimentos. Já as tensões dispersivas são fortemente afectadas e os perfis de velocidade são claramente não auto-similares. A viscosidade turbulenta parece diminuir quando existe transporte de sedimentos. São apresentados e discutidos outros resultados não antes publicados relativos às variáveis das camadas mais interiores do escoamento.
Salmonídeos, transporte de areia, degradação de habitats, PIV, metodologia double-average

Novembro 6, 2008, 9:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

Mario Jorge Rodrigues Pereira de Franca

FACULDADE DE CIENCIAS E TECNOLOGIA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Rui Miguel Lage Ferreira

Departamento de Engenharia Civil e Arquitectura (DECivil)

Professor Auxiliar