Dissertação

Processo Integrado de Filtração e Desidratação de Lamas Amplicando Energia Solar Térmica EVALUATED

O tratamento de resíduos implica a produção de um conjunto de subprodutos, entre os quais as lamas. As lamas são usualmente encaminhadas para a etapa de desidratação para reduzir o volume produzido diminuindo os custos associados ao seu encaminhamento para o destino final, já que estas, possuem uma percentagem de humidade superior a 95%, tornando-se insustentável transportar quantidades tão elevadas. As tecnologias mais comuns de desidratação mecânica de lamas são a filtração e centrifugação, não sendo suficientes para reduzir a humidade a menos de 75%, sendo necessário incluir outras etapas que permitam remover a água. Para o fornecimento da energia ao processo, fez-se um estudo da viabilidade técnica e económica de uma instalação de colectores solares térmicos para utilização directa de energia solar térmica permitindo aquecer água a 90ºC para o processo. São apresentados os resultados do estudo económico relativos à instalação de um filtro prensa de membranas e à implementação de um sistema solar térmico.
Lamas, Desidratação, Filtração, Secagem por Vácuo, Energia Solar Térmica

Dezembro 12, 2008, 14:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Jorge Manuel Rodrigues de Carvalho

Departamento de Engenharia Química e Biológica (DEQB)

Professor Associado