Dissertação

Smart hybrid Friction Stir Welded joints for Aerospace Design Applications EVALUATED

Na indústria aeronáutica e espacial existe uma constante procura de soluções mais leves, resistentes e economicamente benéficas. Para tal, em alternativa às formas de ligação mais recorrentes, como a rebitagem ou parafusagem, surgiu nos últimos anos uma inovadora técnica de soldadura, Soldadura por Fricção Linear (SFL). Esta técnica permite a obtenção de juntas de elevada qualidade, geometria complexa, reduzindo tanto os custos inerentes à produção como aqueles que resultam das necessidades energéticas dos componentes em que é incorporada. Contudo, em soldaduras por SFL, é necessária a utilização de ferramentas compostas, adequadas a cada tipo de aplicação e material, e a necessidade de uma análise pormenorizada do performance mecânico. Um dos principais objetivos desta tese é então a produção e consequente estudo de juntas sobrepostas, aumentando o conhecimento acerca desta complexa tecnologia de forma a facilitar a sua introdução em estruturas aeronáuticas. Esta técnica pode ser melhorada quando combinada com a aplicação de adesivo, formando ligações híbridas, que apresentam um melhor performance mecânico. Neste trabalho foi também feita modelação por elementos finitos das juntas produzidas. SFL tem porém uma grande desvantagem em relação a outros métodos, que é a impossibilidade de inspeção da qualidade da junção durante o processo de fabrico e vida útil. Consequentemente, neste trabalho é estudada a aplicação de sensores de Bragg que permitem a monitorização de deformações em ambos os momentos. Esta tese procura então demonstrar o potencial da aplicação em larga escala desta técnica nas estruturas aeronáuticas de um futuro próximo.
Soldadura por fricção linear, Técnica de ligação híbrida, Fibras de Bragg, Modelação por elementos finitos

Novembro 13, 2018, 14:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Pedro Miguel Guimarães Pires Moreira

INEGI

Investigador Auxiliar

ORIENTADOR

Virgínia Isabel Monteiro Nabais Infante

Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Professor Auxiliar