Dissertação

Dynamic and Thermal Models for ECOSat-III EVALUATED

Lançar satélites para órbita é uma tarefa exigente do ponto de vista da integridade estrutural da carga transportada e financeiro. Quando é decidido lançar um satélite para órbita, o seu comportamento dinâmico e perfil térmico durante a órbita têm de ser mantidos dentro de um limite específico para garantir que não há falhas causadas por um projecto estrutural e térmico inadequados. Modelos de elementos finitos são usados para prever o comportamento da estrutura. Contudo, esses modelos devem ser validados por testes experimentais. Modelos validados podem ser usados com confiança para conduzir mais simulações que permitam avaliar o comportamento do satélite e corrigi-lo se necessário. Esta tarefa é mais difícil quando se lida com pequenos satélites como o caso do ECOSat-III, um CubeSat de unidade tripla. Este trabalho descreve o processo de avaliação do comportamento do satélite e de actualização do seu modelo de elementos finitos utilizando dados experimentais, sempre que possível. Os requisitos a ser satisfeitos e discutidos neste trabalho estão relacionados com a frequência fundamental do satélite e a sua distribuição de temperaturas. O objectivo desta tese é aumentar a frequência fundamental do nanosatélite e permitir que os seus componentes operem dentro da sua margem de temperaturas de segurança através do desenvolvimento de um sistema de controlo térmico. A avaliação das consequências de cada mudança de projecto foi feita e mostra que com as soluções propostas, o ECOSat-III está pronto para ser lançado e sobreviver às condições de ambiente espacial em segurança, do ponto de vista estrutural e térmico.
Modelo de elementos finitos, Actualização do modelo, Frequência fundamental, Sistema de controlo térmico, CubeSat

Novembro 23, 2016, 16:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Afzal Suleman

Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Professor Associado