Dissertação

Quantification of the self-healing behaviour of a supramolecular elastomer by means of a peel testing procedure EVALUATED

Um método para testar e quantificar o comportamento (self-healing) de um material elastomérico foi investigado em TU Delft no grupo NovAM (Novel Aerospace Materials). Um plano de testes foi concebido com o objectivo de optimizar a produção de amostras para o estudo da influência da temperatura, pressão e tempo na resposta de cura exibida pelo elastómero supramolecular. O método de produção foi investigado através da experimentação de estratégias alternativas para o processamento do polímero. Várias amostras foram produzidas, fracturadas e curadas. A análise de dados dos resultados revelou inconsistências significativas nos gráficos obtidos nos testes das amostras virgens, dificultando a adequação de um modelo estatístico para o fenómeno de self-healing. Algumas das questões relacionadas com a dispersão dos resultados foram exploradas, visando a sua compreensão, melhoria do processo de produção e obtenção de amostras reprodutíveis. Pode concluir-se que um adesivo é necessário para impedir a falha na ligação polímero-alumínio. A adesão promovida simplesmente pela cura do material sobre o alumínio revelou-se insuficiente. As últimas amostras produzidas recorrendo ao adesivo mostraram resultados consistentes no que toca aos gráficos força-deslocamento e no modo de fractura (adequado para curar).
self-healing, elastómero, supramolecular, peel-test, adesão

Novembro 14, 2014, 16:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Afzal Suleman

Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Professor Associado