Dissertação

Industry 4.0 Impact on Employment in Portugal A Special Look into the Metal, Automotive and Other Transport Equipment Sectors & Aerospace Related Professions EVALUATED

Desde a primeira revolução industrial, com a invenção do motor a vapor, houve mais três grandes mudanças no paradigma de produção industrial, sendo que a segunda está relacionada com o uso em grande escala de energia eléctrica e a terceira com a digitalização e automação da indústria. Recentemente, um dos maiores surtos em desenvolvimento de tecnologia chegou à sua força máxima, tendo sido considerado como a quarta revolução industrial e obtido a designação de Indústria 4.0. A Indústria 4.0 é caracterizada por um conjunto de nove pilares tecnológicos e tem um impacto de alcance extenso, influenciando produtividade, política de investimento, receitas e emprego. Tal como todas as revoluções que precederam a actual, o aumento de nível tecnológico leva ao deslocamento da força de trabalho e, consequentemente, a preocupações relativas ao futuro do emprego. Esta tese analisa os sectores metalúrgico, automóvel e de outros equipamentos de transporte, focando-se nas empresas que os constituem, os seus empregados e aquisições de robôs. O objectivo é responder às preocupações relativas ao futuro do emprego ao analisar como o aumento no número de robôs afecta as receitas das empresas, o número de postos de trabalho nestes sectores e os salários que os trabalhadores auferem. Finalmente é feita uma análise focada nas profissões relacionadas com o sector aeroespacial, numa tentativa de caracterizar este sector no âmbito da Indústria 4.0. Ambas as análises realizadas abrangem o período de 2010 a 2016.
Indústria 4.0, Deslocamento da Força de Trabalho, Futuro do Emprego, Metalúrgico, Automóvel, Aeroespacial

Julho 4, 2019, 11:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Joana Serra da Luz Mendonça

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Auxiliar