Dissertação

Front Secondary Crash Management System EVALUATED

Nos últimos 20 anos, mais de 800 mil pessoas morreram nas estradas da União Europeia. Graças ao esforço conjunto de algumas organizações e governos, estes números têm vindo a decrescer devido à criação de regulamentação para a inclusão de sistemas de protecção passiva e activa nos veículos. Consequentemente, este trabalho foi desenvolvido no âmbito da criação de uma estrutura ou várias estruturas que protejam os ocupantes em caso de colisão frontal de forma a serem aplicadas numa plataforma modular que irá albergar várias tipologias de veículos. Assim, para cada caso, foram desenvolvidas as estruturas para a protecção dos ocupantes de forma a respeitar o protocolo de colisão frontal total do Euro NCAP. O processo de desenvolvimento das estruturas baseou-se na parametrização de parte da geometria e uma optimização genética multi objectivo utilizando resultados de análises de elementos finitos, de forma cumprir os pressupostos para o ensaio de teste frontal. Foram analisados quatro tipos de veículos em que foi desenvolvida uma estrutura primária que absorve a energia correspondente `a massa do veículo mais leve e estruturas secundárias que serão adicionadas à primária para que absorvam a energia correspondente à diferença de massa nos veículos mais pesados. As geometrias obtidas cumprem os pressupostos, tendo sido obtida uma boa relação entre o acréscimo de massa nestas estruturas e a absorção de energia durante o impacto. Por outro lado, a inserção da estrutura secundária provou ter efeitos bastantes satisfatórios no comportamento geral durante o acidente.
colisão frontal, optimização multi objectivo, Euro NCAP, algoritmo genético, sistema secundário, absorção de choques

Novembro 29, 2018, 9:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Luís Miguel Ouro Colaço

CEIIA

Especialista

ORIENTADOR

André Calado Marta

Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Professor Auxiliar