Dissertação

Nonlinear Aeroelastic Scaling Studies on High Aspect-Ratio Wings EVALUATED

Com o objectivo de melhorar a performance das aeronaves através da redução do consumo de combustível, aumentou-se o alongamento das asas. Em testes experimentais, é necessário garantir que o modelo utilizado irá reproduzir a resposta aeroelástica escalonada da asa real. Para tal, é necessário desenvolver metodologias de escalonamento aeroelástico. Os efeitos da escolha das quantidades físicas e da abordagem utilizada para garantir semelhança modal (comparação directa entre modos de vibração e critério de garantia modal ajustado) são analisados. Duas metodologias (distribuição de massa e rigidez igualadas simultaneamente e sequencialmente) são utilizadas e comparadas. A opção de utilizar um modelo feito de material compósito laminado é também analisada. Uma metodologia é aplicada a uma asa mais complexa baseada na asa referência do Projecto NOVEMOR. Conclui-se que nem todos os conjuntos de quantidades primárias são úteis. Para modelos simples a metodologia sequencial não forneceu bons resultados. Foi possível utilizar material compósito para o modelo reduzido. A diferença nas abordagens para igualar os modos de vibração não foram significativas. Para a asa complexa obtiveram-se bons resultados.
Correspondência de Modos de Vibração, Critério de Garantia Modal Ajustado, Materiais Compósitos, Quantidades Físicas.

Novembro 24, 2016, 15:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Frederico José Prata Rente Reis Afonso

Polo IST-IDMEC (IDMEC)

ORIENTADOR

Fernando José Parracho Lau

Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Professor Auxiliar