Dissertação

Método inverso de identificação de forças e dano estrutural em regime estacionário APPROVED

Neste trabalho analisa-se o método inverso de identificação de forças e dano estrutural, que resulta da aplicação do conceito de transmissibilidade para sistemas com múltiplos graus de liberdade. O objectivo do método proposto é determinar a localização de forças exteriores e de modificações estruturais através de respostas dinâmicas da estrutura a analisar. Uma vez localizadas as forças ou as possíveis modificações estruturais segue-se a determinação das amplitudes das forças aplicadas ou a quantificação do dano estrutural. Um dos principais objectivos deste trabalho é definir-se com clareza uma metodologia eficaz para o método proposto e demonstrar-se a aplicabilidade numérica do mesmo. Os resultados obtidos para todos os casos estudados são muito satisfatórios, uma vez que a localização das forças ou modificações estruturais determina-se com sucesso e o cálculo da amplitude das forças exteriores ou a quantificação do dano estrutural revela-se praticamente exacto. A aplicação numérica do método permitiu descortinar algumas das suas limitações, que se analisam com o propósito de se elaborarem soluções que viabilizem a aplicação do método proposto de forma mais eficaz.
método inverso, transmissibilidade, identificação de forças, identificação de dano, quantificação do dano, respostas dinâmicas

Novembro 27, 2019, 14:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Miguel António Lopes de Matos Neves

Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Nuno Manuel Mendes Maia

Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Professor Associado