Dissertação

Study of the effect of pH of H2O2 solutions in human dental enamel properties EVALUATED

Para melhorar a aparência dos dentes, é comum usar tratamentos de branqueamento dentário. Estes tratamentos baseiam-se na aplicação de agentes branqueadores, como os peróxidos, na superfície dos dentes. Embora estes tratamentos sejam eficientes, também podem prejudicar a saúde dos dentes, devido ao seu efeito sobre as propriedades do esmalte. Este trabalho tem como objetivo estudar o efeito do pH de soluções de H2O2 a 30% na eficiência do branqueamento do esmalte, microdureza, morfologia, topografia e resistência ao desgaste. Foram testados três valores de pH (2, 4 e 6) de H2O2 para avaliar eventuais diferenças. Para avaliar o efeito do H2O2 na matriz orgânica do esmalte, foi solubilizado colagénio em soluções de H2O2, de modo que as possíveis alterações induzidas na molécula, relativamente à estrutura secundária, ao peso molecular e à morfologia, pudessem ser investigadas. Os resultados obtidos mostraram que o pH da solução de branqueamento não tem influência na eficiência do branqueamento. No entanto, a microdureza, a rugosidade superficial e a resistência ao desgaste do esmalte são afetadas pelo pH da solução de branqueamento, sendo o pH=2, o que leva aos efeitos mais adversos no esmalte. Concluiu-se também que o branqueamento com peróxido de hidrogénio afeta significativamente o conteúdo orgânico do esmalte. O efeito oxidante do H2O2 é a principal causa de degradação do colagénio e das alterações estruturais verificadas na molécula.
Peróxido de hidrogénio, branqueamento, esmalte, microdureza, resistência ao desgaste, colagénio

Novembro 6, 2017, 16:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Célio Gabriel Figueiredo Pina

Instituto Politécnico de Setúbal

Professor Adjunto

ORIENTADOR

Ana Paula Valagão Amadeu do Serro

Departamento de Engenharia Química (DEQ)

Prof Auxiliar Convidado