Dissertação

Effects of sterilization on drug loaded soft contact lenses EVALUATED

O uso de lentes de contato (LCs) carregadas com fármacos pode melhorar significativamente a eficiência da entrega ocular de fármacos comparando com colírios. No entanto, estes sistemas não são comercializados pois a libertação controlada e de longa duração é dificil de conseguir. Incorporação de vitamina E nas LCs constitui uma estratégia para ultrapassar este problema. A esterilização das LCs é obrigatoria para não provocar infecções oculares. Dependendo da esterilização, fármacos, LCs e perfiis de libertação podem ser afectados. Este trabalho pretende estudar os efeitos de diferentes esterilizações: vapor e pressão e três doses de radiação gama (5, 15 e 25 kGy). Testaram-se vários fármacos (clorexidina, levofloxacina, diclofenac e cetorolac), estudando a sua eventual degradação e atividade antimicrobiana (clorexidina e levofloxacina). Usaram-se LCs comerciais (Acuvue®Oasys® e 1-Day Acuvue®TruEye®, Johnsons&Johnsons) estudando as suas propriedades (inchaço, molhabilidade, transmitância, permeabilidade iónica e morfologia). Realizaram-se experiências de libertação com as melhores esterilizações. Os resultados dos fármacos demonstraram que a esterilização mais destacada, em geral, foi vapor e pressão, e para a clorexidina e levofloxacina, a radiação gama (5 kGy). As maiores alterações nas LCs foram: diminuição da molhabilidade com vapor e pressão, aumento do inchaço com todas as doses de radiação para as Acuvue®Oasys® e irregularidades na superfície com radiação (25 kGy). Assim, vapor e pressão e radiação gama (5 kGy) foram as esterilizações escolhidas para experiências de libertação. Todos os sistemas fármacos-LCs apresentaram resultados diferentes, concluindo que não é possível eleger um único método de esterilização para todos os sistemas de entrega com LCs.
entrega ocular de fármacos, lentes de contato, fármacos, esterilização, vapor e pressão, radiação gama.

Dezembro 4, 2015, 11:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Benilde de Jesus Vieira Saramago

Departamento de Engenharia Química (DEQ)

Professor Associado

ORIENTADOR

Ana Paula Valagão Amadeu do Serro

Departamento de Engenharia Química (DEQ)

Prof Auxiliar Convidado