Dissertação

Comportamento tribológico de sistemas espumas ortopédicas/pele artificial: efeito da morfologia, propriedades mecânicas e energia de superfície EVALUATED

Actualmente, existe um conjunto de dispositivos específicos que permitem a recuperação da função ausente ou diminuída em indivíduos afectados por patologias motoras. Neste âmbito enquadram-se as ortóteses, as quais são externas ao corpo e cujo objectivo é alterar as propriedades estruturais e funcionais do sistema muscular e do esqueleto. Estes aparelhos ortopédicos, usados normalmente temporariamente, pretendem fixar ou corrigir deformações, ou melhorar o funcionamento de partes móveis do corpo. Existem vários tipos de ortóteses para diferentes áreas anatómicas e com diversas funcionalidades. O desconforto associado ao uso de ortóteses resulta principalmente do atrito entre o material de revestimento, neste caso as espumas, e a pele humana. Embora, hoje em dia, a utilização deste tipo de dispositivos seja comum, existe escassa informação relativamente à influência das propriedades das espumas no comportamento tribológico das ortóteses. Neste trabalho estudou-se o efeito da morfologia, das propriedades mecânicas e da energia livre superficial nos valores dos coeficientes de atrito de sistemas espumas ortopédicas/pele artificial. Caracterizou-se a pele artificial, recorrendo a diferentes técnicas como a microscopia de força atómica (AFM) para analisar a topografia e o método de gota séssil para averiguar a sua molhabilidade. Seleccionaram-se diferentes espumas ortopédicas existentes no mercado, e investigou-se a morfologia das suas células através da microscopia electrónica de varrimento (SEM), determinou-se a energia livre superficial a partir de medidas de molhabilidade e obtiveram-se as propriedades mecânicas com base nos ensaios de compressão-descompressão. Realizaram-se os ensaios nanotribológicos, entre a pele artificial e as espumas, com a aplicação de diversas cargas.
atrito, pele artificial, espumas ortopédicas, morfologia, propriedades mecânicas, energia livre superficial

Dezembro 3, 2015, 16:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Célio Gabriel Figueiredo Pina

Instituto Politécnico de Setúbal

Professor Adjunto

ORIENTADOR

Ana Paula Valagão Amadeu do Serro

Departamento de Engenharia Química (DEQ)

Prof Auxiliar Convidado