Dissertação

Architectural approaches dealing with the problem of sea level rise. Floating and amphibious buildings EVALUATED

Está prevista uma subida do nível do mar de 1.5 a 1.8 metros até ao final do século (DeConto & Pollard, 2016). Um facto que, se verificado, terá consequências devastadoras nas zonas costeiras de baixa altitude do mundo (Zevenbergen, et al., 2013). Estas terão, entre outros problemas, maiores riscos de inundações, aumentando exponencialmente a vulnerabilidade das ocupações humanas, principalmente em paíes menos desenvolvidos, onde os mais pobres serão aqueles que mais sofrerão dos efeitos desta subida (UN-Habitat, 2011). A arquitectura pode ter um papel fundamental em reverter e mitigar esta realidade, tornando as cidades, e as suas futuras expansões, resilientes, sendo, ao mesmo tempo, capazes de abrigar os mais necessitados. A megacity de Dacca, a que mais rápido cresce no mundo, é o palco de uma proposta arquitectónica low-cost, sustentável e anfíbia que pretende enunciar o papel que a arquitecura pode ter, constituindo, assim, o principal objectivo desta tese.
Subida do nível dos mares, Inundações, Resiliência, Arquitectura sustentável, Estruturas anfíbias, Dhaka

Junho 27, 2017, 12:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Manuel de Arriaga Brito Correia Guedes

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado