Dissertação

A Casa do Governador da Torre de Belém, uma tipologia híbrida EVALUATED

Esta dissertação centra-se na análise da Casa do Governador da Torre de Belém, procurando aprofundar o conhecimento sobre as suas origens e evolução do ponto de vista arquitetónico e, a partir desse conhecimento, analisar o projeto de reabilitação e ampliação deste edifício para hotel. A escolha deste tema decorre da importância que o edifício readquire através da sua reconversão e da necessidade de se conhecer verdadeiramente o património que lhe está subjacente, nunca estudado como um todo. Para atingir esse objetivo, começou por realizar-se o estudo de um conjunto de casas nobres dispostas ao longo da entrada na barra do Tejo, de modo a comparar modelos arquitetónicos e procurar semelhanças entre o principal caso de estudo e os demais. Essa investigação permitiu caracterizar tipologicamente a Casa do Governador da Torre de Belém como um edifício híbrido pela sua capacidade de integrar mutações, quanto às suas funções e, consequentemente, quanto à sua arquitetura. Identificaram-se cinco tipologias principais que contribuíram para a construção do conjunto e fez-se a reconstituição do edifício nas suas principais fases de fundação, alteração e ampliação, procurando associar-se cada fase ao modelo que melhor a descreve. A última e mais significativa fase de transformação da Casa do Governador foi, sem dúvida, a sua reabilitação e ampliação para hotel. Por conseguinte, tendo por base a investigação já realizada e os principais valores aplicáveis à conservação e restauro, procurou refletir-se sobre o projeto realizado, na sua qualidade de transformador de funções, e avaliar as consequências para o carácter do edifício.
casa nobre, reabilitação, Lisboa ribeirinha, Torre de Belém, Casa do Governador

Novembro 30, 2016, 16:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

João Rosa Vieira Caldas

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar