Dissertação

Habitação para as elites Lisboetas do Estado Novo: biografia de um "Português Suave" no bairro do Areeiro EVALUATED

A necessidade de um plano estruturado para o desenvolvimento da cidade de Lisboa ditou, entre 1938 e 1948, e sob orientação do Estado Novo, a elaboração do Plano Geral de Urbanização e Expansão de Lisboa. Este plano determinou a urbanização de novas áreas, acompanhadas de alterações programáticas e arquitectónicas no desenho das suas habitações. A presente dissertação pretende constituir uma análise ao modelo dos prédios de rendimento da zona do Areeiro, com o objectivo de entender como as suas habitações, representantes de um modo de vida diferente do actual, são actualmente ocupados e sustentam as novas estruturas familiares e modos de vida. Como tal, seleccionou-se para caso de estudo um edifício localizado no quarteirão delimitado pelas Avenidas Guerra Junqueiro, Manuel da Maia e Alameda D. Afonso Henriques, em regime de propriedade horizontal, habitado por moradores de diferentes faixas etárias e diferentes tempos de residência no edifício, parcialmente reabilitado e representativo do espaço habitacional da maioria dos edifícios do quarteirão. O estudo divide-se em duas partes: a primeira de caracterização e compreensão do processo evolutivo do conjunto urbano do Areeiro e Praça de Londres e a segunda de compreensão da evolução dos edifícios em estudo, no que respeita ao programa habitacional e às acções de reabilitação realizadas pelos próprios moradores, a partir da selecção de um caso de estudo, Conclui-se que a composição do agregado doméstico residente e a fase da vida em que vive é preponderante nas opções tomadas na configuração espacial e distribuição funcional da habitação.
Arquitectura do Estado Novo, Prédios de rendimento, “Português Suave”, Acções de Reabilitação, Programa funcional residencial

Junho 15, 2015, 12:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Sandra de Sá Guerra Marques Pereira

ISCTE-IUL

Professor Auxiliar Convidado

ORIENTADOR

Maria Alexandra De Lacerda Nave Alegre

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar