Dissertação

Reutilização adaptativa de um edifício de habitação de 1916 em Lisboa EVALUATED

O presente documento resume o trabalho desenvolvido na unidade curricular de Projeto Final em Arquitetura II cujo enunciado consiste na reabilitação de um edifício de habitação de 1916 e a adaptação a um novo uso - sede da empresa DNS.PT. O edifício a ser intervencionado tem atualmente 3 pisos, 2 originais e outro posteriormente acrescentado. Localiza-se na Rua Eça de Queiroz em Lisboa, com os números de porta 21 a 35, próximo da praça do Marquês de Pombal, num quarteirão entre a Av. Duque do Loulé e a Av. Fontes Pereira de Melo. Após muitas mudanças de uso e modificações, o edifício encontra-se devoluto. A reflexão sobre a conservação, revela-se de extrema importância nos dias de hoje, porque apesar de ser verdade que se trata de uma via inquestionável para o desenvolvimento sustentável das cidades em termos culturais, sociais, económicos e ambientais. Há a necessidade de ampliar a prática, necessidade de reutilizar edifícios que perderam a função original , tecnicamente obsoletos e que já não cumprem as normas, em permanente atualização. A reutilização adaptativa parte assim da hipótese que tanto a deterioração como as alterações nos edifícios contêm em si uma necessidade de adaptação aos uso atuais. Desta forma, o objetivo principal do projeto é a atualização funcional do edifício permitindo que se adeque às necessidades atuais, considerando o caráter do edificado a par com as mutações necessárias à vivência do espaço. Preservando assim, a imagem e valor do património edificado.
Reutilização Adaptativa, Lisboa, Escritórios, Projeto

Novembro 13, 2019, 9:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Miguel José Das Neves Pires Amado

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado