Dissertação

Mussus. Guidelines for the inclusion of Musekes in Luanda EVALUATED

A presente dissertação consiste na conceção de um programa de habitação social na cidade de Luanda. O objetivo principal é criar diretrizes para melhorar as condições de exclusão dos musekes, aplicando conceitos de sustentabilidade e modularidade na arquitetura – e novas escolhas de estilo de vida - como autossuficiência, voluntariado e manutenção em comunidade. As populações têm vindo a construir as suas próprias casas, a fim de superar a escassez financeira, no entanto os processos de construção carecem do conhecimento crucial que garante segurança e bem-estar. O programa MUSSUS assiste este processo, criando um módulo que se adapta à identidade dos musekes e às necessidades individuais. O design das casas é feito através de um sistema modular pré-fabricado adaptável que pode ser ampliado e destaca-se pelas estratégias do desenho passivo. Nos musekes, frequentemente se descobre que há pouco cuidado com a manutenção da casa. A casa é vista como um lugar provisório na busca de um futuro melhor e, portanto, desprezado. Por isso é particularmente importante estabelecer uma ligação emocional entre o arquétipo MUSSUS e os futuros proprietários, caso contrário, o risco de negligência permaneceria o mesmo. Assim, o conceito MUSSUS é estabelecido por um arquétipo modular que permitir a participação das pessoas no desenho e criação das suas casas.
museke, habitação social, estandardização, sustentabilidade, desenho passivo, Luanda

Junho 25, 2018, 15:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Manuel de Arriaga Brito Correia Guedes

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado

ORIENTADOR

Roberto Di Giulio

University of Ferrara

Full Professor