Dissertação

Projecto Urbano da Torre de Belém à Foz do Jamor. Centro residencial Tejo EVALUATED

O presente relatório tem como objetivo fazer uma reflexão sobre o trabalho de Projeto Final em Arquitetura II, realizado no Mestrado em Arquitetura do Instituto Superior Técnico, justificando as opções tomadas no desenvolvimento do mesmo. O projeto realizado, incitado pelas Câmaras Municipais de Lisboa e de Oeiras e pela Administração do Porto de Lisboa, refere-se à requalificação da frente ribeirinha localizada entre a foz do rio Jamor e a Torre de Belém. Neste projeto é refeita a modelação da margem ribeirinha. Este propõe a localização de um Parque Urbano Ribeirinho e de um Pólo Náutico. Para acomodar estes novos conteúdos programáticos, são criados novos pontos de travessia da barreira constituída pela linha rodoferroviária. É também proposta uma nova solução para a estrutura viária e a reabilitação das frentes urbanas do Dafundo, de Algés e de Pedrouços, bem como a zona da Doca Pesca com a introdução do Pólo Náutico. Com estas novas valências, propõe-se que esta nova zona ribeirinha seja a nova “porta atlântica” da Europa, dando lugar a novos eventos e programas de utilização. Com a introdução do Centro Residencial Tejo, no Parque Urbano Ribeirinho, espera-se que a zona ganhe vivências antes inexistentes. Esta zona é constituída por um parque, pelas Residências Tejo e pelo Restaurante Riverside.
FRENTE RIBEIRINHA, REQUALIFICAÇÃO, PARQUE URBANO, HABITAÇÃO

Junho 30, 2017, 11:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

António Salvador de Matos Ricardo da Costa

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar