Dissertação

Palácio Belmonte: história e projecto de reabilitação EVALUATED

Esta dissertação visa estudar o processo de reabilitação e adaptação do Palácio Belmonte, situado na colina de S. Jorge. O palácio, conhecido pela sua implantação irregular e compartimentada, remonta a meados do século XV, integra dois importantes troços da Cerca Moura e desenvolve-se dentro de um pátio de origem medieval, denominado Pátio de D. Fradique. Tendo pertencido à mesma família durante mais de cinco séculos, este palácio preservou no tempo, inúmeros períodos históricos que moldaram Lisboa, e que ainda hoje é possível contemplá-los. Actualmente, após um enorme projecto de reabilitação, é uma unidade hoteleira. Assim, o trabalho divide-se em três partes. O primeiro capítulo situa o edifício em análise, ao apresentar uma visão geral da História de Lisboa desde a ocupação Romana até ao século XVIII. Abrange também uma variedade de tópicos, como os pátios de Lisboa e as principais características da arquitetura palaciana na viragem do século XVII para o século XVIII. Já no segundo capítulo, é apresentada uma descrição detalhada da história do Palácio de Belmonte. A cronologia dos proprietários que habitaram o complexo, a sua implantação e também algumas intervenções a que foi submetido após a conclusão da construção inicial, são referidas. No terceiro capítulo é analisado o processo de reabilitação e adaptação a que o palácio foi sujeito entre 1994 e 2001. A dissertação termina com uma reflexão crítica sobre a qualidade arquitetónica desta última intervenção, examinando a preservação do valor patrimonial do edifício e o impacto que essa intervenção teve na sua área envolvente.
Lisboa, Património, Palácio, Reabilitação, Adaptação

Dezembro 6, 2019, 12:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

João Rosa Vieira Caldas

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar