Dissertação

Projecto de intervenção ubana e arquitectónica. Frente ribeirinha entre a Torre de Belém e a Foz do Jamor EVALUATED

O presente trabalho insere-se no âmbito da disciplina de projecto Final de Arquitectura do Mestrado Integrado em Arquitectura do Instituto Superior Técnico e pretende apresentar uma proposta de intervenção urbana e arquitectónica na área costeira, compreendida entre a Torre de Belém e a foz do rio Jamor. A partir de um estudo teórico identificaram-se os desafios actuais que são colocados a este lugar. A proposta desenvolvida pode ser dividida em duas partes, associadas a diferentes escalas de trabalho. A proposta urbana revela os principais elementos com capacidade de transformação desta zona, no sentido de criar espaços públicos contínuos, onde a mobilidade pedonal assume um papel primordial, contribuindo para vencer as barreiras ferroviárias e rodoviárias que dificultam o contacto directo entre a cidade e o rio. A proposta arquitectónica centra-se na criação de um conjunto arquitectónico no nó de Algés constituído por três elementos - praça, estação de comboios e torre. A praça, intersectada pelo eixo ferroviário, acolhe na sua periferia norte a estação de comboios que constitui um interface na cidade. A estratégia de requalificação urbana desta área inclui ainda a criação de uma terceira travessia sobre o Tejo. O pilar da ponte, implantado a sul da praça, assume outras funções, para além da função estrutural. O presente trabalho pretende assim contribuir para a regeneração urbana desta área da cidade, dando especial ênfase ao desenho do espaço público e das principais infraestruturas ligadas à mobilidade, cultura, lazer, desporto e espectáculo.
ESTRUTURA URBANA, REGENERAÇÃO, MOBILIDADE, ESTAÇÃO, PRAÇA

Novembro 17, 2016, 14:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

António Manuel Barreiros Ferreira

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Catedrático Convidado