Dissertação

Projecto Urbano Santa Apolónia-Xabregas. A integração do uso habitacional no processo de requalificação urbana EVALUATED

Com a chegada da industrialização no século XX, esta área foi transformada radicalmente em pouco tempo. De uma área que era ocupada principalmente por palácios e conventos, passou a dar lugar a novas fábricas e vilas operárias construídas ao lado dos palácios. Houve tal falta de planeamento e consciência urbana que trouxeram inúmeros problemas que ainda hoje persistem como é o isolamento e a fragmentação urbana que se gerou. A análise efetuada ao território na primeira fase da disciplina, permitiu conhecer os principais problemas da zona que constituíram o ponto de partida para o desenvolvimento de uma estratégia global de intervenção no território. Como principais problemas foram identificados as descontinuidades urbanas, a segregação, a deficiente estrutura de espaços públicos e a desqualificação da AIP em geral. Com base na análise das diferentes camadas físicas e temporais que assentam sobre este lugar, a estratégia proposta procura resolver os problemas aí detetados, criando mecanismos que regenerem o sítio e seja assim integrado na cidade de Lisboa. O interesse deste trabalho precede-se essencialmente com a urgência de respostas eficientes para este território que se encontra atualmente em fase de estudo e análise rodeado de novos projetos como são o do Novo Terminal de Cruzeiros e o do Vale de Santo António. Este cenário de oportunidades constitui um tema de interesse comum aos utilizadores da cidade, que é abordado neste trabalho como uma reflexão sobre as principais problemáticas do território, que permite desenvolver uma, entre várias respostas viáveis.
Frente Ribeirinha, Projeto urbano, Espaço público, Continuidade

Junho 24, 2016, 10:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

António Salvador de Matos Ricardo da Costa

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar