Dissertação

Percurso no Quarteirão EVALUATED

O propósito deste projecto é a criação de uma residência de estudantes e a criação de um centro cultural com actividades, aberto a toda a população. Pretende-se que o edifício volte a estar integrado na vida contemporânea da cidade. O conceito é o encerramento do edifício em volta do pátio interior. É valorizada a ligação do edifício com o interior do quarteirão, que permite uma importante entrada só possível através de uma transição de cotas, criada por um sistema complexo de rampas. Para além desta entrada, existem ainda entradas em cada uma das ruas que o edifício estabelece relação. Ao estudar-se a construção original do Arquitecto Keil do Amaral decidiu-se que faria sentido voltar à mesma, aos dois pisos e manter a coerência das coberturas. O programa tem como objectivo colmatar carências em Almada, como a necessidade de atrair e fixar os jovens ao mesmo tempo apoiar a população envelhecida. Assim, no desenvolvimento em altura o primeiro piso funciona como espaço cultural; no segundo na parte nova localizam-se as áreas culturais; no edifício a reabilitar localizam-se a residência. O novo corpo do edifício tem mais dois pisos onde foram criados T0. Esta opção vai marcar uma diferença entre os dois edifícios e ao mesmo tempo aproximar o novo corpo às cotas dos edifícios vizinhos. A ligação entre pisos é realizada através de uma escadaria vertical acentuada pelo vazio no seu interior, que ao longo dos pisos se caracteriza por diferentes contornos, culminando com uma clarabóia na cobertura.
Almada, Keil do Amaral, Reabilitação, Alojamento, Centro Cultural, Percurso

Novembro 9, 2018, 10:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Miguel José Das Neves Pires Amado

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado