Dissertação

Estudo Comparativo de Tintas para Fachadas EVALUATED

No âmbito deste trabalho, foram implementados três métodos de ensaio para avaliar tintas: determinação e classificação da permeabilidade ao vapor de água, determinação e classificação da permeabilidade à água líquida e determinação da absorção de água cíclica e perda de peso. Analisaram-se diversas tintas representativas dos diferentes tipos de tintas aquosas para fachadas utilizadas em Portugal. As tintas lisas, texturadas, flexíveis e inorgânicas foram submetidas a vários ensaios laboratoriais para avaliar as suas principais características como a aplicabilidade, a quantidade de salpicos produzida durante a aplicação, a permeabilidade ao vapor de água, a permeabilidade à água líquida, a absorção de água líquida, a resistência à alcalinidade, envelhecimento acelerado em câmara de QUV-A e resistência à intempérie (resistência à sujidade, às algas e aos fungos e aos UV). Concluiu-se que não se pode eleger o melhor tipo de tintas para fachadas em termos absolutos, mas apenas seleccionar o tipo de tinta mais indicado para cada situação, consoante as suas propriedades e as exigências do substrato a que se destina.
tintas aquosas, permeabilidade ao vapor de água, permeabilidade à água líquida, resistência à exposição exterior

Novembro 9, 2007, 9:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

Maria de Fátima Piteira

Dyrup, Departamento de Análise e Desenvolvimento do Produto

Especialista

ORIENTADOR

João Carlos Salvador Santos Fernandes

Departamento de Engenharia Química e Biológica (DEQB)

Professor Auxiliar