Dissertação

Validação de um método de ensaio para a análise de metais em águas, por espectrometria de massa com plasma indutivo acoplado (ICP-MS) EVALUATED

O objectivo deste trabalho consistiu na conclusão da segunda fase do processo de implementação e validação da técnica de Espectrometria de Massa com Plasma Indutivo Acoplado (ICP-MS) para determinação de metais em águas de consumo humano, que se encontrava já em desenvolvimento no Laboratório Central da EPAL. O método desenvolvido envolve a análise simultânea de Li, Be, Al, V, Cr, Mn, Co, Ni, Cu, Zn, As, Se, Mo, Ag, Cd, Sn, Sb, Ba, Pb e U. Estando já desenvolvidas algumas fases da validação do método de ensaio este trabalho teve como objectivo a avaliação da exactidão, através da leitura de materiais de referência certificados, ensaios interlaboratoriais e através da comparação com outros métodos, a avaliação da precisão, através de estudos de repetibilidade e reproductibilidade, a implementação do controlo da qualidade e estimativa da incerteza global do método de ensaio. Numa perspectiva de evitar a utilização de equações matemáticas de correcção de algumas interferências espectrais, em alguns dos metais, estudou-se ainda a possibilidade de utilização da tecnologia auxiliar, a Célula de Colisão/Reacção, a qual apresentou algumas vantagens a nível de redução de algumas poliatómicas interferentes, mas parece introduzir outras interferências e instabilidades no sistema. Os resultados obtidos durante a validação demonstram que o bom desempenho deste método encontra-se de acordo com os requisitos da Directiva Europeia 98/83/CE no que respeita a monitorização de metais em águas de consumo humano. O método analítico encontra-se validado e em uso em análises de rotina no Laboratório Central da EPAL.
Espectrometria de Massa com Plasma Indutivo Acoplado (ICP-MS), Águas, Validação de método, Controlo de qualidade, Interferências, Collision/Reaction Cell.

Outubro 4, 2007, 14:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Margarida Maria Portela Correia dos Santos Romão

Departamento de Engenharia Química e Biológica (DEQB)

Professor Associado