Dissertação

Análise técnico-financeira de paredes exteriores em panos simples EVALUATED

As paredes exteriores dos edifícios têm um papel preponderante na construção, devendo cumprir variadas funções, nomeadamente no que se refere ao conforto higrométrico e acústico, segurança ao fogo, estanquidade à chuva e protecção. A selecção das soluções a empregar na realização das paredes deveria resultar de uma ponderação do custo global agregando a construção, utilização e manutenção. Na maioria dos casos tem-se unicamente como critério de selecção o custo directo dos materiais. Apesar de actualmente ainda a maioria das paredes exteriores serem em pano duplo, no futuro a evolução natural das fachadas dos edifícios deverá ser a execução em pano simples, devido à complexidade que envolve a construção de paredes duplas, aumentando a possibilidade do surgimento de anomalias. Ao longo deste trabalho efectua-se a análise comparativa das seguintes soluções de paredes exteriores:  Paredes em pano simples de tijolo cerâmico furado com isolamento térmico exterior;  Paredes em pano simples de alvenaria de betão leve com agregados de argila expandida (LECA) com isolamento térmico exterior;  Paredes em pano simples de alvenaria de betão celular autoclavado. A análise efectuada incide nas vantagens e pontos negativos inerentes a cada uma das soluções, principalmente no que se refere ao comportamento térmico, acústico, ao fogo, impactes ambientais, comportamento físico ao longo do tempo dos materiais e custos associados à construção.
tijolo cerâmico, alvenaria de betão celular autoclavado, alvenaria de betão leve com agregados de argila expandida, parede exterior simples, vantagens, desvantagens

Outubro 23, 2007, 16:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Pedro Manuel Gameiro Henriques

Departamento de Engenharia Civil e Arquitectura (DECivil)

Professor Auxiliar