Dissertação

Técnicas de Reabilitação de Sistemas de Abastecimento de Água: Metodologia conceptual e aplicação a casos de estudo Metodologia conceptual e aplicação a casos de estudo EVALUATED

O objectivo da presente dissertação consiste no desenvolvimento e na aplicação de um modelo operacional de apoio à decisão para a selecção da técnica de reabilitação de condutas de abastecimento de água ou de condutas elevatórias de águas residuais mais adequada. Para esse efeito, efectuou-se um levantamento das técnicas de reabilitação de condutas actualmente existentes no mercado, tendo-se identificado seis técnicas diferentes, organizadas em dois grandes grupos: técnicas de revestimento interior das condutas e técnicas de re-entubamento. O modelo operacional de apoio à decisão encontra-se inserido no processo de reabilitação (metodologia) que foi estruturado em quatro fases distintas: Fase I - Caracterização do sistema; Fase II - Decisão estratégica; Fase III - Implementação; e Fase IV - Monitorização, avaliação e revisão. O modelo operacional refere-se à Fase II da referida metodologia. O modelo foi materializado sob a forma de duas árvores de decisão de acordo com uma das suas principais variáveis de decisão - o tipo de zona de intervenção (i.e., zona rural ou zona urbana). O modelo operacional desenvolvido foi aplicado a cinco casos de estudo diferentes gentilmente cedidos pela EPAL, S.A., e um fornecido pela SANEST, S.A. A aplicação a casos de estudo foi fundamental para uma validação preliminar do modelo, embora apenas parcial, dado se terem analisado apenas seis casos, tendo dado um aspecto prático, essencial, a esta dissertação. Estes casos de estudo permitiram testar e melhorar o modelo durante o seu desenvolvimento.
reabilitação, sistemas de abastecimento de água, re-entubamento, revestimento, modelo operacional

Outubro 25, 2007, 15:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Dídia Isabel Cameira Covas

Departamento de Engenharia Civil e Arquitectura (DECivil)

Professor Auxiliar