Dissertação

Análise ambiental e económica da afectação de área agrícola à produção de milho para bioetanol EVALUATED

A presente dissertação tem como objectivo realizar uma análise da viabilidade ambiental, energética e económica da produção e uso de bioetanol como substituto da gasolina. A inovação consiste na análise, em ciclo de vida, da implicação em termos de afectação de área produtiva. Para o cenário do bioetanol é analisado o cultivo de milho, enquanto para o cenário da gasolina é considerada a existência de pastagens permanentes de regadio, semeadas e ricas em leguminosas (PPRSRL) na mesma área. De modo a tornar os dois cenários comparáveis, e uma vez que as PPRSRL são pastoreadas pelos animais, no cenário do bioetanol existe um efectivo pecuário equivalente que requer estabulação. Os cenários são analisados com e sem sequestro de carbono. De forma a garantir a comparabilidade dos resultados obtidos com outros estudos, é efectuada a análise dos dois cenários sem a consideração do custo de oportunidade associado ao terreno. Os resultados mostram que o cenário da gasolina é aquele que possui uma menor emissão de gases de efeito estufa, excepto para o caso em que apenas é considerada a produção e queima de combustível. Para a utilização de recursos energéticos, o cenário que conduz a um menor gasto de energia é o do bioetanol. Este é ainda favorável para a categoria de impacte ambiental que contabiliza a emissão de substâncias que provocam a degradação da camada de ozono podendo também o ser para a emissão de acidificantes. Do ponto de vista económico, ao cenário da gasolina encontra-se associado um menor gasto total.
bioetanol, gasolina, ambiente, economia, pastagens semeadas, milho

Novembro 13, 2007, 16:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

Ricardo Filipe De Melo Teixeira

SAE/Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Especialista

ORIENTADOR

Tiago Morais Delgado Domingos

Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Professor Auxiliar