Dissertação

Influência das Matérias-Primas e Condições Operatórias na Produção do Biodiesel EVALUATED

O biodiesel é produzido por uma reacção de transesterificação dos óleos com um álcool na presença de um catalisador. Um dos objectivos deste trabalho foi testar, para diversos tipos de óleo, diferentes condições operatórias para a reacção de transesterificação catalisada por uma base. No caso da utilização de óleos ácidos como matéria-prima, estudou-se o efeito de efectuar a neutralização do óleo com uma solução de NaOH antes da transesterificação em alternativa a efectuar a compensação de acidez na própria reacção. Os resultados obtidos permitiram concluir que efectuar a neutralização antes da transesterificação não apresenta quaisquer vantagens em termos de pureza do biodiesel final e do rendimento em massa do processo de produção. Outro objectivo deste trabalho foi tentar estabelecer uma relação entre o índice de iodo dos óleos e a estabilidade oxidativa do biodiesel correspondente, tendo-se verificado que, como seria de esperar, a estabilidade oxidativa do biodiesel tende a diminuir com o aumento do índice de iodo do óleo. Na tentativa de melhorar a estabilidade oxidativa do biodiesel produzido a partir de óleos alimentares usados, estudou-se o efeito da adição de diversos antioxidantes ao biodiesel. Dos antioxidantes estudados, os melhores resultados foram obtidos com o antioxidante A, embora o antioxidante B pareça ser o que confere um efeito mais duradouro. Por fim, utilizando a espectroscopia de infravermelho próximo e métodos quimiométricos foi testado o desenvolvimento de um modelo de calibração para a estabilidade oxidativa do biodiesel produzido a partir de óleos alimentares usados.
biodiesel, óleo, neutralização, estabilidade oxidativa

Novembro 8, 2007, 15:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Maria Joana Castelo-Branco de Assis Teixeira Neiva Correia

Departamento de Engenharia Química e Biológica (DEQB)

Professor Auxiliar