Breve Introdução

As novas descobertas de reservatórios são cada vez mais complexas, geológica e tecnologicamente. Esta realidade induziu uma crescente procura de soluções tecnológicas inovadoras e de técnicos qualificados.

Foi criado o “IST- Oil and Gas”, o embrião de uma rede de centros de investigação do IST, que desenvolvem investigação e estudos directa ou indirectamente ligados à Exploração e Produção de petróleo e gás.

A “IST- Oil and Gas” fez um inventário das valências da escola ligadas ao “up-stream” e compilou um portfólio de projectos e linhas de investigação que está a ser apresentado às empresas de petróleos, para constituição de parcerias conjuntas e consubstancia o projecto estrutural do “IST- Oil and Gas”.

Por estes motivos, a criação do Doutoramento em Engª de Petróleos é uma natural continuidade da estratégia e missão do Instituto Superior Técnico de formação e investigação nas áreas da exploração e gestão de recursos naturais.

Objectivos

A exploração e produção de petróleo e gás têm vivido profundas transformações estruturais devidas à crescente procura destes produtos, às alterações nos padrões de consumo e às características dos campos de petróleo de gás. As novas descobertas de reservatórios naturais são cada vez mais complexas, geológica e tecnologicamente, e de mais difícil acesso e apropriação. Esta realidade induziu uma crescente procura de soluções tecnológicas inovadoras e de técnicos qualificados.

Três das dez mais importantes descobertas recentes, foram feitas em três países lusófonos – Brasil, Moçambique e Angola. Portugal tem uma oportunidade única para liderar a formação avançada nos petróleos e áreas afins. O IST possui competências em várias áreas relacionadas com a indústria do Petróleo e Gás, cobrindo toda a cadeira produtiva.

O Doutoramento em Engenharia de Petróleos capitaliza toda a estrutura transversal de I&D do Técnico ligada, directa ou indirectamente aos petróleos.

Os doutores em Engenharia de Petróleos deverão adquirir conhecimentos e capacidades avançadas de Engª de Petróleos, particularmente nas áreas de maior relevância, as quais podem ser sumariadas nas três grandes áreas: Prospecção e Reservatórios, Produção, e Sistemas de Apoio à Produção.

Saídas Profissionais

Dado que se trata de um novo ciclo de estudos, não há ainda dados estatísticos referentes à avaliação da empregabilidade dos respectivos graduados.

No entanto, o mercado dos petróleos em geral é caracterizado por uma grande oferta de emprego, particularmente na área técnica ligada à engenharia de petróleos. Para além disso, a indústria petrolífera por força dos grandes desafios tecnológicos, que se colocam face às mais recentes e complexas descobertas, tem uma cultura de procura de doutorados para os seus quadros.

Após as excepcionais descobertas, o crescimento previsível da produção de petróleo e gás nos países lusófonos em particular Angola, Brasil e Moçambique induz índices consideráveis de crescimento da empregabilidade de doutorados. Assim, é de prever que a empregabilidade seja seguramente um dos pontos fortes deste doutoramento.

À parte a flutuação normal dos mercados deste tipo, não se prevê a médio prazo a inversão desta tendência de oferta.

Regime de Funcionamento

Diurno

Propinas

O valor da propina de doutoramento é de 2750Eur/Ano.

Regulamento de Propinas

Coordenadores

2017/2018
Amílcar de Oliveira Soares
asoares@tecnico.ulisboa.pt

A informação contida nesta página é da responsabilidade da equipa de coordenação do curso.