Breve Introdução

O Departamento de Física do IST oferece um Programa de Doutoramento em Engenharia Física Tecnológica cobrindo algumas áreas de especialização dos seus professores e investigadores, em estreita colaboração com os centros de investigação associados ao Departamento de Física. As principais áreas do Programa Doutoral são:

- Física dos Plasmas, Fusão Nuclear, Fotónica e Lasers Intensos;

- Física da Matéria Condensada, Nanotecnologia e Física do Estado Sólido;

- Física das Partículas, Física Nuclear e Astrofísica.

Outras áreas de investigação do Departamento de Física (e.g.  Energias Renováveis e Física Biomédica) são igualmente cobertas pelo Programa Doutoral.

O Programa de Doutoramento em Engenharia Física Tecnológica em conjunto com o Programa de Doutoramento em Física (ver a página web própria para este último) integram o 3º ciclo de estudos superiores resultantes da aplicação do Acordo de Bolonha. Eles complementam a formação básica em física e em engenharia física ao nível dos 1º e 2º ciclos de estudos no IST, consubstanciada através do Mestrado Integrado em Engenharia Física Tecnológica.

Historial

Os doutoramentos em Engenharia Física Tecnológica e em Engenharia Física foram criados no IST em meados dos anos 1980. Actualmente existe um Programa de Doutoramento Engenharia Física Tecnológica reformulado de molde a estar de acordo com o 3º ciclo de estudos superiores definido pelo Acordo de Bolonha. Esta reformulação levou à criação de um primeiro ano no qual os candidatos ao doutoramento seguem um plano curricular com pelo menos 4 disciplinas de índole avançado e um Seminário.

Objectivos

O Programa de Doutoramento em Engenharia Física Tecnológica tem como objectivo a aquisição de conhecimentos avançados e de capacidades de investigação em áreas envolvendo aplicações de física e de engenharia física. O domínio de aplicações considerado é escolhido de forma a ser tão vasto quanto possível, em consistência com as áreas de especialização existentes no Departamento de Física do IST. Ele inclui aplicações em técnicas experimentais avançadas da física dos plasmas, lasers intensos, óptica, nanotecnologias e física nuclear e das partículas. Uma importância particular é dada também aos sistemas de aquisição de dados, medidas em tempo real, instrumentação para a física dos plasmas e nuclear, e às técnicas de micro e nano-fabricação (ver o plano curricular do Programa de Doutoramento).

Destinatários

Saídas Profissionais

Regime de Funcionamento

Propinas

Coordenadores

2017/2018
Horácio João Matos Fernandes
hf@ipfn.ist.utl.pt

A informação contida nesta página é da responsabilidade da equipa de coordenação do curso.