Plano Curricular

DEARGF2009 desde 2009

 

A parte lectiva do Doutoramento em Restauro e Gestão Fluviais é constituída por 2 unidades curriculares obrigatórias (12 ECTS) e três unidades curriculares (UCs) optativas (18 ECTS), abrangendo matérias de base como a hidráulica, funcionamento ecológico, hidrologia, qualidade da água e usos do solo, e matérias de carácter mais aplicado como restauro de habitats e corredores fluviais, gestão e reabilitação de rios urbanos, métodos de avaliação da qualidade ecológica, gestão de aquíferos e modelação hidráulica e ecohidráulica.

Duas das unidades curriculares optativas disponibilizadas serão leccionadas por investigadores de reconhecido mérito internacional, da Universidade da Califórnia, Berkeley, EUA (UCB) e da Universidade Politécnica de Madrid, Espanha (UPM).

Um Seminário obrigatório (6 ECTS), no 1º semestre do 2º ano do Doutoramento, permitirá avaliar a evolução e maturidade científicas de cada aluno em relação aos temas abordados e às suas capacidades de desenvolver investigação de forma autónoma e inovadora, por forma a potenciar um bom percurso dos trabalhos de investigação conducentes à dissertação.

Os alunos poderão ter que realizar unidades curriculares propedêuticas, a definir pela Comissão Coordenadora do Programa Doutoral em Restauro e Gestão Fluviais, podendo os ECTS destas UCs ser contabilizados para o número total de créditos a obter no âmbito do Programa Doutoral, com base no parecer positivo da Comissão Coordenadora.

A tese (144 ECTS) será desenvolvida durante o 2º e o 3º anos do programa de doutoramento.


A informação contida nesta página é da responsabilidade da equipa de coordenação do curso.